domingo, 19 de outubro de 2014

Todo o dom perfeito


"Toda a dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes." Tiago 1:17

Temos um momento em nossa igreja em que estudamos a Bíblia em classes, utilizando um guia de estudos trimestral. De outubro a dezembro, estamos estudando a carta do apóstolo Tiago, que se acredita ser o irmão de Jesus, filho de José.
Alguém comentou, num momento do estudo ontem, que a serpente -em que se disfarçou o próprio inimigo de Deus - apresentou o fruto proibido como muito atraente e até mesmo saudável, visto que ela, serpente, o havia consumido e estava muito bem, até mesmo mais sábia que os outros animais.
Lemos depois este versículo, que mostra que todo o presente perfeito, tudo que é bom, vem de Deus.
Resta-nos confiar na Palavra de Deus. Aquilo que ela apresenta como bom e vindo de Deus é o que nos trará crescimento, felicidade e paz. 
O que ela não recomendar -  não importando quem, se opondo a ela, recomende -  podemos saber que não é de fato bom para nós, seja alimento, bebida ou hábito de vida.
Não nos enganemos com a serpente e com o fruto proibido, embora o achemos atraente. O que não vem do alto não é coisa boa para nós.
Mas podemos aceitar como presentes de Deus e adotar, sem erro, tudo que a Palavra  nos recomenda, pois  nosso Pai deseja somente nosso bem.

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Relacionamentos de paz

"Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens;" Romanos 12:18



Gosto de lembrar das visitas a minha cidade de uma antiga colega de serviço. Toda a vez que ela vem aqui programa reuniões com os antigos colegas, traz notícias de outros e assim temos um tempo muito agradável juntos.
O mesmo acontece com uma irmã de meu esposo, que também mora em outra cidade. Quando chega, vai logo programando encontros de todos os familiares e terminamos nos reunindo com pessoas com as quais não esperávamos nos reunir. 
Também amo abrir uma página na rede social do google e ver as mensagens religiosas e de otimismo de alguns amigos, bem como os emails de algumas amigas que espalham bênçãos.
O apóstolo Paulo mostra no capítulo 12 de Romanos, nos versículos 9 a 21, que esse deve ser o estilo de vida cristão em relação ao convívio com as pessoas. Neste e em outros versículos desse capítulo, apresenta conselhos que mostram o que Cristo fez e faria se vivesse ainda entre nós. Acompanhe os versículos de 
Jesus detestava o mal,  ficava sempre do lado do bem, respeitava a cada um e amava a todos com amor fraternal, era paciente com os problemas e provações que aconteciam, era hospitaleiro, dizia palavras de bênção e não de maldição, alegrava-se com os que estavam alegres e chorava com os que estavam tristes, buscava a sabedoria do Pai Celestial, não se vingava, espalhava o bem mesmo aos inimigos.
Esse estilo de Jesus é que devemos buscar, como seus seguidores. Embora haja discórdia a nossa volta, ela não deve nos vencer. Antes o bem deve prevalecer sobre o mal. A esperança deve vencer em nossa vida. Em todo relacionamento devemos cultivar a alegria, a amizade, a harmonia, a paz. Assim, seremos mais felizes.




segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Salmo do Pastor

"O Senhor é o meu Pastor. Nada me faltará." Salmos 23:1

Quão agradável é sentir-se protegido e guiado pelo Senhor, que, como pastor amoroso, alimenta suas ovelhas, guia-as por caminhos seguros e as alimenta.
Assim nada nos falta e podemos descansar dos cuidados.
A ansiedade não nos atingirá quando descansamos nos cuidados nesse Bom Pastor.
Experimente sentir-se como uma ovelhinha do Mestre Jesus! Deixe que Ele pastoreie sua vida.


segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Árvores

"Porque com alegria saireis, e em paz sereis guiados; os montes e os outeiros romperão em cântico diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palmas." Isaías 55:12

Ontem foi o Dia da árvore. Lembrei disso quando abri a internet e vi a mensagem de uma amiga.

As árvores purificam o planeta e renovam o oxigênio. Além disso tornam o calor mais suportável oferecendo sombra. Todas as semanas, aproveito a sombra de algumas árvores no estacionamento da escola de música em que meu neto e meu esposo estudam para ficar dentro do carro lendo uma revista com informações ou assistindo a um DVD de música.
Já andei também por alamedas de árvores em parques ecológicos. É muito agradável visitar a mata, andando sobre trilhas, muitas vezes recobertas de madeira.
Contudo, as árvores não duram para sempre, e suas folhas também murcham e caem no inverno.
Com certeza, o profeta se referia à Nova Terra, quando a paz e alegria serão eternas e a natureza, com árvores para sempre cheias de verde e de folhagem, associar-se-ão ao nosso regozijo.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Paz

"Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados." Judas 1:2
A saudação mencionando a paz de Cristo é utilizada desde o início do cristianismo.
O mundo em que vivemos pede que oremos sempre pela paz. Precisamos de paz em todos os aspectos de nossa vida para que prossigamos tranquilos para nossos objetivos e para nosso alvo final, com Deus.
O que muitas pessoas desejam mais é poder viver harmoniosamente com suas famílias, desempenhar suas atividades com tranquilidade, ter uma vizinhança calma, dormir bem e despreocupadamente.
Que o Senhor Deus te dê a paz, leitor. Estarei orando por você!

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Florescerá


"Abundantemente florescerá, e também jubilará de alegria e cantará; a glória do Líbano se lhe deu, a excelência do Carmelo e Sarom; eles verão a glória do Senhor, o esplendor do nosso Deus." Isaías 35:2

O início de setembro nos lembra a estação das flores que logo se inicia no hemisfério sul.
O versículo de Isaías, um dos profetas chamados maiores, devido à extensão de seus textos, menciona o tempo em que teremos sempre abundantes flores e também abundante alegria.

Será um tempo em que as flores não murcharão e em que a alegria não passará.
Estaremos para sempre com nosso Deus e poderemos contemplar seu esplendor na Nova Terra.
Podemos antecipar aqui este reino. Cristo nos deixou nesta terra o reino da Sua graça. A graça de Cristo, embora estejamos num mundo em que as flores não nascem em todas as estações, nos provê alegria e paz que permanecem quando temos a presença do Senhor em nossas vidas.


sábado, 30 de agosto de 2014

Como irmão caríssimo

"Não como escravo; antes, muito acima de escravo, como irmão caríssimo, especialmente de mim e, com maior razão, de ti, quer na carne, quer no Senhor." Filemon 16

O apóstolo Paulo escreveu uma carta a seu amigo Filemom, pedindo-lhe que recebesse de volta, e como a um irmão, a Onésimo, antigo escravo que havia fugido da casa de Filemom.
À época era praticada a escravatura - alguns se achavam no direito de escravizar seus semelhantes. Paulo não prega abertamente contra a escravatura, mas pede que Onésimo seja recebido como irmão querido. Subentende-se que Paulo pede que não seja aplicado castigo ao escravo fugitivo mas que lhe seja concedido perdão e que passe a ser considerado como irmão em Cristo.
Ao observarmos a forma como os homens muitas vezes depreciam seu semelhante, é bom lembrar que Cristo ensinou que devemos tratar todas as pessoas como iguais, sendo todas criaturas de Deus.
Todas são chamadas por Cristo para a salvação. No evangelho, todos são irmãos.